Ontem eu tinha 17 – primeira mão amiga do novinho


Meu irmão me ensinou a punhetar

Era Sexta-Feira e meu pais foram para o centro de convenções no bairro de Agua Fria aqui em Fortaleza e eu e meu irmão ficamos sozinhos em casa.
  Eu estava lá em cima estudando para as provas bimestrais;
Quando eu sinto a falta da minha lapizeira favorita que estava em poder do meu irmão mais velho.
Me desloquei até em seu quarto e abri a porta do quarto do meu irmão mais velho e encontrei ele na cama, completamente pelado.
Eu não entendi bem o que ele estava fazendo mais percebi que ele pegava no pau dele e ficava puxando para um lado e para outro.
– O que vc tá fazendo?- perguntei
Ele nem ligou e reagiu normalmente dizendo
– To batendo uma !
Kkkk eu inocente não sabia o que era bater;
– Você tá machucando o seu pau porque ? disse eu na maior simplicidade.
Ele parou um pouco olhou para mim,segurando o seu pinto e me disse:
– Olha maniw  é dificio de explicar,mais nois adolescentes quando crescemos sentimos a necessidade de fazer isso.
– Que bem dizer que teu pau não fica duro quando tu pega nele? Disse ele com espanto
– O meu fica,mais eu não bato nele não.
– Olha bater é o siginificado de você estimular seu pau pegando na cabeça e puxando o corinho para cima e para baixo  isso é chamado de masturbação,mais nois meninos no popular chamamos de bater punheta .
-Ah tá entendi .Disse para meu irmão olhando para o pau dele . 
-Olha vem aqui e  olha como eu faço pode olhar,mas não pode falar pra ninguém.
Fechei a porta e fiquei ao lado da cama dele. 
Meu irmão fechou os olhos e continuou a socar seu pau duro. 
Eu já tinha visto meu irmão nu algumas vezes, e até ele de pau duro,mas aquilo era diferente, era especial. 
Os movimentos que ele fazia aceleraram e ele começou a gozar ,que dizer nem entendia porque saia aquele negocio branco do pau dele,mais tava ficando exitado não sei porquepois eu já era adolescente mais nunca tinha reparado na sensibilidade do nosso corpo. A porra se espalhava por toda sua barriga e peito.
– Vc está bem?-perguntei
-Estou ótimo! Vc tem que experimentar isso…
Dois minutos depois, eu estava deitado pelado na cama com meu irmão sentado á minha frente com as pernas cruzadas. 
Ele disse que foi o nosso primo mais velho que mora em outro bairro que vem nos finais semana que ensinou a ele  e  dizia que era melhor se vc usasse algum lubrificante ou liquido, tipo mijo.
-O que? Vc mija em vc mesmo?- eu disse
-Não,anta! O kaik mijou em mim da primeira vez. Eu vou te mostrar. 
– Fica frio,vc vai gostar.
Meu irmão botou a palma da sua mão em forma de concha debaixo da cabeça do pau dele e deu uma esguichada de mijo na palma da mão.
 Rapidamente, ele cortou o jato e deixou só um pouco na palma da mão dele.
 Ele botou sua outra mão debaixo do meu saco, segurou minhas bolas e fez uma concha para aparar o mijo, se caísse.
 Em seguida, ele derramou a urina quente que estava em sua mão em cima do meu pau e das minhas bolas e começou a massagear meu pau duro. 
A sensação era enlouquecedora. 
-Ei vou pegar no teu pau viu ! ! !
– Tá mais sei lá e se …..
– Ah relaxa Manow, sou gay não viu ! ! ! Disse ele me confortando e meu pau muito duro Eu relaxei e deixei ele bater aquela punheta pra mim.
 Em poucos minutos,eu senti aquela mão quente do meu irmão me punhetando eu atingi meu primeiro orgasmo. 
Empurrei a mão do meu irmão, porque meu pau estava super sensível e olhei para  a cara sorridente dele.
_ Gostoso ?Né,não?
Ele tinha acabado de gozar,mas seu pau já estava duraço de novo. Ele se deitou na cama e disse:
 – Faz comigo o que eu fiz com você.
Me sentei do lado dele e segurei na rola dura, e, ele disse: – Não! Mija em mim antes. É tão gostoso!
Fiquei com medo de não conseguir segurar e molhar a cama toda,mas ele me arrastou pro banheiro e me mandou tentar ir segurando.
 Consegui da primeira vez e não estava nem entendendo direito,o que era separar o tesão,prazer ou um sentimento de culpa,depois que a gente bate  punheta ,mais fiquei super orgulhoso.
-Ótimo! Agora derrama seu mijo em mim e tenta de novo pra ver se você consegue mesmo.
Fiz o que ele pediu e vi que o pau dele pulsou quando sentiu meu mijo.
-Pronto! Agora, joga em cima do meu pau e mija o resto em cima de mim.
Fiquei surpreso e perguntei se ele queria isso de fato.
-claro! Voce quer mijar? Não quer? Mija aí.
-Vc deixou o nosso primo mijar em vc?-perguntei
-Claro eu já gosei na cara dele
-Vc quer bater uma pra mim?- ele perguntou
Eu bati até ele gozar e quando ele gozou, perguntou se eu queria lamber sua porra.
– O Nosso Primo sempre lambe minha porra – disse sorrindo
Sorri de volta, e caí de boca na barriga dele.
Foi assim que começamos.
Parece coisa de nojento isso ,mais assim aprendi a bater punheta, com o meu irmão depois disso sempre que papai e mae, saiam a gente aproveitava para bater punhetas juntos,muito massa,
Mas agora estamos querendo bater punheta com os caras que curtam punheta mais sem aquela coisa de viadagem,nem aferminados, nao temos nada contra,mais como a gente é hetero,gosta de mulher, nem queremos comer cuzinhos de homem não viu só fazemos sexo xom mulher, mais punheta rola sim ok 
 

Vídeo excluído? Por favor informe no comentário : vídeo off